Pai ficou 63 dias em greve de fome na Inglaterra
Justiça inglêsa impôs censura à imprensa

Uma trágica história aconteceu aos olhos do mundo sem que nenhuma palavra pudesse ser dita.

     Len Miskulin, de origem croata teve negado qualquer contato com seus dois filhos por dois meses, em contravenção a diversos acordos e tratados internacionais sobre pátrio poder, direito de visitação e até de direitos humanos. As crianças correm sério risco de se tornarem completamente alienadas do pai. Em desespero, poucos dias antes do natal, o pai entrou em greve de fome que durou 63 dias.
     

Ordem da mordaça para a imprensa inglesa:

     Dia 28 de dezembro o Daily Mail, importante jornal ingles publicou um artigo completo sobre o pedido de Len Miskulin. Em resposta a justiça inglesa emitiu ordem proibindo a divulgação de quaisquer informações sobre o caso, sob pena de incorrer em crime.

Para informações completas sobre o caso:

http://members.brabant.chello.nl/~g.tenbroek/hunger/

http://huizen.daxis.nl/zander/hunger.htm  

http://members.brabant.chello.nl/~g.tenbroek/hunger_report_9.html

 

Para detalhes sobre Len Miskulin:

130 Hanson Drive
Loughton Essex IG10 2EA
UK
Phone: +044 020-8508 6980
Fax: +044 020-8529 9948
email:
jafp@talk21.com

 

VOLTAR